Entrega

“e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.” Eclesiastes 12.7

Um ano! Um longo ano! Dia 15 de maio de 2020, o dia que mudou o curso da minha história.

Quando assistimos filmes, geralmente, vemos as cenas dos funerais acontecerem sempre debaixo de muita chuva, dias escuros, imensos guarda-chuvas negros e muita tristeza. O clima ideal para o momento de angústia e despedida, segundo os roteiristas e cineastas.

No meu caso, porém, foi totalmente diferente. Teresina tem um sol só para ela. Quente e constante. Mesmo no “inverno” (estação chuvosa), o calor ainda é intenso. Dias nublados são raros e dias frios, inexistentes.

Foi nesse contexto, de sol e claridade, sem uma nuvem no céu, que eu, minha filha e meu neto deixamos o cemitério carregando uma caixa de papelão contento uma pequena urna com as cinzas daquele que um dia foi o amor da minha vida, o pai dos meus filhos, o avô dos meus netos e uma pessoa necessária e querida para a família, amigos e para o reino de Deus. Na caixa de papelão uma etiqueta: Homero de Almeida Reis. Parecia mais uma encomenda que tinha chegado para ele. Mas não, ali estavam as cinzas, o retorno ao pó, o que restou dele e que um dia restará de cada um de nós. Apesar do sol, do lindo dia, do céu azul, o coração estava escuro, despedaçado, aflito e as lágrimas eram derramadas intensamente.

Quando o Homero estava muito mal, no dia em que completamos 43 anos de casados (14 de maio) eu, em desespero, me rendi ao Senhor e o coloquei em Suas mãos. Foi difícil, mas fiquei em paz. No outro dia Deus o levou para casa. Hoje faz um ano! Tanta coisa aconteceu. Tantas vidas se foram após ele, tantos adoeceram e passamos a viver com a sombra da morte pairando sobre nós.

Agora chegou a hora de fazer outra entrega. Neste longo ano, devido ao confinamento, não pudemos fazer um funeral adequado e nem ter um momento junto com a família para realizar a cerimônia de despedida. Agora, com a maioria de nós já vacinados e os mais jovens imunizados, pois quase todos já foram acometidos pelo vírus, resolvemos deixar que ele se vá completamente, para ficarmos em paz. Ele já descansa, há um ano, na casa do Senhor. A cerimônia é um ato, agora, do desapego ao que não existe mais, daquele que já está em plena glória com nosso Deus. Então, porque dói tanto novamente?

Quando eu era adolescente, faleceu um jovem da minha escola num acidente de avião, no exterior. Foi chocante e arrasador. Meses se passaram até que, depois de tantas burocracias, finalmente, o corpo chegou até nossa cidade para ser sepultado. Na época eu não tinha dimensão do que a família estava enfrentando e fiquei meio sem entender a dor daqueles pais, pois achava que o tempo já tinha curado as feridas. Mas não. A dor estava ali. Presente e latente. Ah, como hoje eu entendo! Não há um dia sequer de esquecimento, em que não venham lembranças, frases soltas, gargalhadas, músicas que mais gostava, o som dos passos, o perfume que ficava no ar após ele sair porta a fora, momentos bons e outros difíceis.

Por isso, agora, em Deus eu descanso. A formalidade da despedida e da cerimônia em família, das cinzas sendo lançadas ao vento e pousando nos verdes campos que ele tanto amava não vão apagar a memória e nem o amor de tantos anos juntos. Continuaremos a sorrir e a chorar com as lembranças. Contarei aos meus netos e, quem sabe, aos bisnetos, as proezas do vovô, que pensava em ficar muito tempo por aqui, mas Deus achou melhor levá-lo para um lugar muito melhor, onde ele vive feliz, esperando por nós.

Que Deus nos ajude nestes tempos incertos, de medo, sofrimento, lutas e lutos, a não nos esquecermos que Ele está levando para casa aqueles a quem Ele ama e, por isso, podemos ser consolados. Afinal, não há melhor lugar do que estar com o Senhor. Deus o deu, Deus o levou e Ele continua sendo Deus! A Ele, pois, toda honra, toda glória, todo louvor e toda a gratidão pelo tempo que ele emprestou o Homero para nos fazer felizes!

Deixo com vocês a canção preferida dele e me despeço com um “até breve”, meu amor!

 

Zelene Reis

Post anterior
Dias Melhores
Próximo post
Quando eu for

66 Comentários. Deixe novo

  • Deus continua sendo Deus…

    Responder
  • Regina Noberta
    maio 15, 2021 3:47 am

    Um ano…
    Como passa rápido…
    Linda história de amor, família, serviço, dedicação e chegou ao fim…
    Todos nós chegaremos ao fim, feliz o que volta a casa do Pai!
    Deus te fortaleça e te conduza todos os dias, irmã Zelene!
    Somente a graça do Senhor pode lhe sustentar.
    Firme o Senhor é contigo!

    Responder
    • Amém minha querida e doce irmã! Benditos os que voltam pra casa do Pai!! Obrigada pelo carinho! ♥️????

      Responder
  • Luciana M L S Moura
    maio 15, 2021 4:06 am

    Deus é Deus sempre em tudo.Excelente reflexão e homenagem.Deus continue fortalecendo seus corações ???? quanto a saudade .

    Responder
  • Luciana M L S Moura
    maio 15, 2021 4:07 am

    Deus é Deus sempre em tudo.Excelente reflexão .Deus continue fortalecendo seus corações ???? quanto a saudade .

    Responder
  • Minha oração hj é para que vc e família estejam em paz e recebam mais uma vez as consolações do Santo Espírito de Deus. A Deus toda glória.

    Responder
  • Impossível não chorar, minha amiga ????????????

    Responder
  • Eliana Marcia
    maio 15, 2021 10:25 am

    Deus é Deus hoje e sempre.
    Amada amiga e irmã em Cristo Jesus.
    Nós sabemos que só Deus em sua infinita misericórdia nos sustenta e conforta.
    O tempo passa mas as lembranças são vivas e o amor continua intacto. Saudades sempre.
    Gratidão a Deus por tudo que Ele fez e fará a todos nós.
    Forte abraço querida
    Glórias a Deus que até aqui nos deu vitória

    Responder
  • Que texto lindo, faz com que possamos criar cenas na mente. Choro porque sou muito emotiva, mas Deus é o pai e sabe o que faz. A Ele daí graças. Um bj prima. Se forte, corajosa pq tenho vc como referência.

    Responder
  • Erinalda Oliveira
    maio 15, 2021 10:38 am

    Linda mensagem,ouvindo aqui essa música linda.
    Deus abençoe.????????

    Responder
  • A musica dele. Ainda dói muito quando ru ouço! Obrigada querida! ????????♥️

    Responder
  • Celina Monteiro
    maio 15, 2021 10:44 am

    Minha irmã em Cristo, as homenagens que você e sua família têm prestado ao presbítero Homero são sempre lindas e emocionantes, mas a de hoje, foi ainda mais especial. Pra mim, vc é um exemplo da mulher que possui o fruto do Espírito. “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio” (Gl 5,22). Graça e paz! ????????????????????????

    Responder
  • Aaaaa irmã Zelene que lembrança…desde ontem reflito sobre todos os acontecimentos. Lembro de tudo que fiz naquele dia triste e angustiante. Que um dia possamos estar juntos e quem sabe, sorrir muito ????

    Responder
  • Priscila Carvalho
    maio 15, 2021 11:17 am

    Tia, que nesta data o Senhor renove o consolo, a paz e a esperança!!!!
    Meu coração está com vocês hoje!!
    Abraço apertado!!

    Responder
  • Saudade. ????

    Responder
  • Que lindo texto irmã Zelene!!Palavras verdadeiras de um amor verdadeiro.A despedida de irmão que foi muito amado por tantos… Glórias a Deus por essa linda história e testemunho de vida.

    Responder
  • Não tem como não se emocionar! Irmã Zelene e família querida…nossa oração constante é que Deus continue sustentando vcs, confortando e cuidando. Vcs e o irmão Homero são exemplos de dedicação, alegria, cuidado, serviço à igreja, constância, bondade e amor. Que riqueza! Eu quero agradecer por tudo mesmo e dizer que vcs são inesquecíveis e que a saudade dói, mas a eternidade com Deus, vai chegar…como chegou para o irmão Homero. E imaginar todos nós reunidos, é tão maravilhoso e incrível! Um beijoo grande minha querida♡ Muita saudade!

    Responder
    • Amem minha irmã querida! A esperança do reencontro nos conforta e nos anima a continuar firmes no Senhor! Bjos

      Responder
  • JOSE ANTONIO VOGEL
    maio 15, 2021 12:02 pm

    Oi Zelene. Tenho orado por vocês. Estava preocupado quando o dia 15/05 chegasse. Mas Deus consolou e consola vocês. Um ano foi de demonstrações de quanto o Homero e sua família eram e são amados. Amamos vocês! Mesmo aqueles que não conhecemos.
    Um forte abraço!

    Responder
  • LENY GURGEL TAGLIARINI
    maio 15, 2021 4:39 pm

    Você realmente é uma serva fiel e uma mulher guerreira.Poucas esposas teriam esta força!!! Agradeço a Deus por você estar tão forte!!!!Que Ele continue te sustentando!!!

    Responder
    • Obrigada minha irma! Essa força vem de Deus e só eu sei que as vezes preciso desesperadamente do abraço do Pai pra continuar seguindo! Bjos querida

      Responder
  • Marcos Watanabe
    maio 15, 2021 4:51 pm

    Oi, tia. Sempre que leio seus textos, fico emocionado. Mas nesse, em especial, você se superou. Esse texto é a mais bela homenagem à memória do tio, e que provoca um terremoto, que chacoalha a casa das nossas memórias, tirando a poeira de momentos esquecidos nas estantes do tempo. Debaixo do véu dessa poeira, retratos de momentos felizes ao lado dele e da nossa família, dos tempos de Ourinhos, da fazenda, a vida no campo, o carpe diem. Tempos que não voltam mais. Mas que existiriam, e por isso foram um presente. Para mim, ter sido sobrinho do tio, por muitos anos, e com uma convivência tão próxima, foi um privilégio que poucos da família tiveram. Essa convivência certamente nos aproxima, e junto de você, tia, compartilho da mesma dor, da mesma saudade. Daqui de longe, tanto no espaço quanto no tempo, tudo é mais claro e traz um sentido que que tudo valeu a pena. O tio Homero foi o homem mais generoso com quem já tive o prazer de conviver. Obrigado por tudo, tio! Um abraço forte, tia! Fique com Deus, e quando puder, venha nos visitar por aqui! Grande abraço. Saudades. Marcos.

    Responder
    • Marcos, você me fez chorar. Saudades da vida que vivemos juntos! Saudades de vcs pequenos, do tio dando bronca na criançada, mas era muito amor! Saudades! Obrigada pelo carinho! Deus te abençoe! ????????????♥️♥️♥️♥️♥️

      Responder
  • luciene santos souza
    maio 15, 2021 4:55 pm

    Lindo Zelene! Me emociono sempre…Deus seja sempre a sua força.

    Responder
  • Que lindo minha amiga/irmã querida!
    Nós na lista dos vacinados, queríamos tanto estar com vocês !!!….????
    Mas… ainda não foi dessa vez a hora de nos abraçarmos…❤❤
    Na verdade, quase que fui abraçar o Homero primeiro…mas também ainda não foi esse o Plano do Noso Deus.
    Ele é o nosso Deus, o Senhor das nossas vidas e SERÁ pra sempre, Eternamente.
    Que hoje, Ele enxugue todas as suas lágrimas e que em todos os dias Ele te traga a alegria de viver com leveza mesmo nos momentos mais tristes.
    Deus seja louvado sempre.
    Te amo além da distância que nos separa.❤❤❤❤????????????????

    Responder
    • Naná, só lembro de você cantando “Como agradecer, o que Deus tem feito a mim…..a Deus demos glória, a Deus demos gloria…..”, minha amiga linda, hoje foi emocionante. Você me deve um abraço muito apertado e vamos viver muitos anos ainda pra contar as histórias do nosso amigo apressado que nos deixou antes da hora. Amo você e meu dia foi melhor, porque você está melhor! Fique boa logo, pra gente conversar muito! Bjos

      Responder
  • Louvado seja o nome do Senhor!

    Responder
  • Tia… sem palavras…. somente um nó grande na garganta! Ainda é. Inacreditável !!! ????????????????

    Responder
  • Que o Senhor possa lhe trazer conforto e paz, irmã
    Sempre choro lendo seus textos. Me coloco no seu lugar e de tantas outras mulheres ficando viúvas.

    Que nós esposas possamos amar os nossos maridos enquanto os temos por aqui.

    Responder
    • Oh querida, é isso mesmo. Se eu soubesse que isso aconteceria comigo teria mudado em muitas coisas. Mas sinto paz porque o Homero me ensinou muito e também aprendeu muito comigo. Foi uma troca de experiências e de vivências. Obrigada por ler meus textos. E ame muiiiito seu marido. Aproveite a vida com ele. Bjos

      Responder
  • Lenise Marques
    maio 15, 2021 9:53 pm

    Zelene, esse texto, esse hino interpretado nessa voz tão maravilhosa, realmente não tem como não se emocionar. Nó na garganta, lágrimas nos olhos e gratidão no coração. Tantas lembranças maravilhosas de todos vocês… Momentos que nunca apagarão da memória. Sempre que lembro da sua família, um sentimento de gratidão inunda meu coração. Minha vida cristã e a minha permanência na igreja são frutos da dedicação que você e o Homero sempre tiveram comigo e com certeza com tantas outras pessoas. Vocês foram (e ainda são) instrumentos de Deus. Amo muito vocês!????♥️

    Responder
    • Oh Lê! Saudades imensas de vocês! O Homero deixou muitas marcas e graças a Deus por tantos que ele levou a conhecer o Senhor! Hoje ele nos espera para desfrutar com ele das maravilhas dos céus! Bjos

      Responder
  • Querida irmã, muita saudade mas também muita gratidão pelo tempo que pudemos compartilhar alegrias e sofrimentos.
    Sempre pudemos contar com o Homero em tudo que precisamos.
    Um dia estaremos novamente juntos pois Jesus nos prometeu que preparia um lugar para nós.
    Eu creio nesta preciosa promessa.

    Responder
  • Cara senhora, não há como comparar a falta que o seu amado esposo lhe faz, mas por esses dias estou precisando tanto dos conselhos do sábio presbítero Homero. Tive o privilégio da sua amizade por tão pouco tempo. Mesmo assim ele no ajudou tanto. Foi uma honra ter conhecido o nobre e querido irmão Homero.

    Responder
    • Obrigada! Que Deus a ajude a enfrentar as lutas da vida que tantos sofrimentos nos trazem. Deus a abençoe!

      Responder
  • Olá Zelene, nunca tivemos um ano terrível como esse passado, não vimos de tão perto tanto sofrimento por perdas tão próximas… Mas também vemos o quanto o Espírito do nosso Senhor nos consola , nos sustenta e somos fortes porque Ele está conosco sempre. Sintam- se abraçados por nós. Deus é amor.

    Responder
    • Amém Lili! Foi um ano muito difícil. Só Deus sabe! Mas fomos sustentados e consolados pelo nosso Senhor! Que Ele continue nos fortalecendo! Bjos

      Responder
  • A Ele….????.
    Texto lindo e carinhoso!!!
    Abç

    Responder
  • Karina Baía
    maio 16, 2021 5:43 am

    Querida Zelene
    Deus continue confortando seu coração. Louvo a Deus pela oportunidade de ter conhecido o Pb . Homero . Nunca vou esquecer o zelo que ele tinha pelo trabalho da igreja. Bjos , cheios de saudade .

    Responder
  • A honra, a glória e o louvor sempre serão ao Deus, pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, ao seu Filho e ao Espírito Santo, cuja vontade e boa, perfeita e agradável cuja sua misericórdia não tem fim e seu amor não tem medida. Âncora da nossa alma. Grande e saudoso abraço a vc e aos “meninos”.

    Responder
    • Obrigada meu irmão querido, amigo de todas as horas, até praticamente a hora final. Um amigo leal e companheiro que nos acompanhou em todas as lutas. Saudades! Abraços

      Responder
  • LEONICE ANDRADE DOS SANTOS FUJINAMI
    maio 20, 2021 5:54 pm

    Lindooooooo!!!! Chorando aquiiiiii
    Meu Deus ! Vocês são demais!

    Responder
    • Own prima querida. Hoje vou tomar o chá de maracujá, da sua receita…rsrsrs…impossível conter a emoção!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu